Todos estão a meu redor e eu vejo-os...mas não os sinto.

Quarta-feira, 4 de Abril de 2012

 

 

 

 

 

 

 

Vais perceber.

Vais perceber quando olhando as mnhas lágrimas secarem,

e as palavras se fecharem,

no coração que era so teu.

 

|Todo o meu corpo até aqui viveu

Esperando pelo corpo teu.|

 

Vais perceber,

quando meu olhos não te olharem,

que a vergonha sobre mim se abateu,

porque não consegui que esse corpo teu,

fosse meu.

 

|Todo o meu corpo até aqui viveu,

Esperando pelo corpo teu.|

 

E agora vais perceber,

o quanto te amo ainda,

esperando que me ames de volta.

 

Entretanto meu corpo morreu.

|E todo o meu corpo até aqui viveu.

esperando por esse corpo teu.|

 

 

 

publicado por marisa.moreno às 20:58
link do post | comentar | favorito

 

  

Jogar o Jogo do Mata.

Joga quem quer.

Morre quem não mata.

 

Jogar o Jogo do Mata.

Onde quem mata.

Não morre.

 

 Jogo de uma só regra.

Quem não mata

Morre. 

 

Boneco comandado.

Sorri quando mandam.

Cala sem consentir.

 

Jogo injusto este de morrer.

Porque quem mata não morre.

Mas quem morre não mata.

 

Jogar o jogo do Mata.

Onde só um vive.

E não é o boneco quem joga.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por marisa.moreno às 01:52
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
2014

2013

2012

2011

2010

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro